Voltar ao Portal Ecclesia
Atualizações e notícias Seleção de textos Subsidios homiléticos para Domingos e Grandes Festas Seleção de ícones bizantinos Galeria de Fotos Clique aqui para enviar-nos seu pedido de oração Calendário litúrgico bizantino Clique para deixar sua mensagem em nosso livro de visitas A Montanha Sagrada Links relacionados Contate-nos
 
 
 
 
As «Doze Grandes Festas» do Calendário Litúrgico Bizantino
 
 
 
A Santíssima Mãe de Deus - «Theotokos»   «Nosso Senhor, Deus e Salvador JESUS CRISTO»
«Os Bem-aventurados Santos»«Os Anjos e os Arcanjos»
As «Doze Grandes Festas» do Calendário Litúrgico BizantinoSeleção de «Iconostases e Igrejas»
 

 

Calendário litúrgico bizantino tem início no dia primeiro de Setembro, o no que diz respeito às Festas. É o dia do Ano Novo. Foi o I Concílio de Nicéia, no ano 325 d.C., que fixou este dia como início do Ano Ec lesiástico, relacionando-o ao dia em que o Imperador Constantino derrotou Maxêncio sob um sinal dos céus, concedendo depois liberdade aos cristãos.

No ano litúrgico existem Doze Grandes e Principais Festas que são as mais importantes que todas as outras. Nove dessas festas têm data fixa e três são móveis, ou seja, variam em função da maior de todas as Festas Cristãs, a Santa Páscoa. Nove delas são senhoriais, ou seja, do Senhor, e três são theomitóricas, ou seja, da Santa Mãe de Deus.

  1. 8 de setembro – Natividade da Mãe de Deus
  2. 14 de setembro – Exaltação da Santa Cruz
  3. 21 de novembro – Entrada no templo da santíssima Mãe de Deus
  4. 25 de dezembro – Natividade do Senhor
  5. 6 de janeiro – Teofania - ou Epifania (Batismo do Senhor)
  6. 2 de fevereiro – Encontro
  7. 25 de março – Anunciação
  8. Entrada de Jesus em Jerusalém (festa com data móvel)
  9. Ascensão do Senhor (festa com data móvel)
  10. Domingo de Pentecostes (festa com data móvel)
  11. 6 de agosto – Transfiguração
  12. 15 de agosto – Dormição da Mãe de Deus.

«Tropário da Ressurreição»

«Cristo ressuscitou dos mortos,
venceu a morte pela morte,
aos que estavam no túmulo
Cristo deu a Vida!»

 

[Clique sobre as imagens para ampliar]