Portal Ecclesia Site Ortodoxia.com.ar (em espanhol)
A Igreja Ortodoxa Atualizações e notícias Seleção de textos Subsidios homiléticos para Domingos e Grandes Festas Calendário litúrgico bizantino Galeria de Fotos Seleção de ícones bizantinos Clique aqui para enviar-nos seu pedido de oração Links relacionados Clique para deixar sua mensagem em nosso livro de visitas Contate-nos
 
 
O Monte Athos Monastério ZOGRAFOU
 
 
 
  • Fundação: Século X
  • Fundador: Monges Moses, Aaron e Ioannis de Achris
  • Dedicação: São Jorge, Megalomártir
  • Celebração: 23 de Abril
  • Contato (tel.): +30 - 23770 - 23247 / 377 023245
  • MONASTÉRIO ZOGRAPHOU está situado numa elevação da costa sudoeste da península do Monte Athos. De acordo com a tradição, foi fundado durante o século X por três irmãos monges, Moses, Aaron e Ioannis de Achris, sendo dedicado a São Jorge. No último período bizantino foi destruído por piratas de Catalan e reconstruído com o apoio financeiro da dinastia de Paleologan, além outros recursos vindos da Europa Oriental. Ocupa a 9ª posição na ordem hierárquica dos vinte monastérios Athonitas. É habitado por uma comunidade de quinze monges (1990) e segue o modo cenobítico (comunitário) de vida monástica.

    Inicialmente, foi habitado por monges búlgaros, gregos e sérvios e, desde 1845, todos os monges são procedentes da Bulgária e os ofícios são feitos na língua daquele país, o búlgaro. O katholikón atual é um edifício erigido no início do século XIX, tendo, no entanto, a mesma planta arquitetônica típica das Igrejas (Katholikón) do Monte Athos e seus afrescos datam de 1817.

    O monastério possui oito capelas internas e mais oito na sua parte externa. As internas são dedicadas a Virgem do Akathistos, Santos Cirilo e Metódio, Transfiguração do Senhor, São João Batista, São Demétrio, Santos Cosme e Damião, Quarenta Mártires e Santos Arcanjos. Possui ainda dois escritórios na capital Karyes e o Kellia da Transfiguração. No lado noroeste do Katholikón está localizado o Phiale (fonte) para a bênção das águas. O refeitório foi construído na parte ocidental do monastério, do lado oposto do katholikón. A biblioteca está situada na torre do monastério e guarda 126 manuscritos gregos, 388 eslavos, códices originais gregos e búlgaros e cerca de 10.000 livros impressos nas línguas grega e eslava.

    Faz parte do acervo monástico os ícones milagrosos de São Jorge, da Virgem do Akathistos e da Virgem Epakouousa, além de objetos litúrgicos e eclesiásticos históricos. Seu principal tesouro, no entanto, é o Códice I que contém a primeira história da Bulgária, escrito pelo monge Paisios em 1745.

     
    2 6 7 8
    9 11 13 3
    4 5 10 12
     

    Imagens pesquisadas na Internet:

  • http://www.culture.gr/
  • http://www.skiouros.net
  • http://www.macedonian-heritage.gr/Athos
  • http://www.rollins.edu/Foreign_Lang/Greek/greece.html
  • Voltar à página anterior Topo da página

     

    NEWSIgreja Ortodoxa • Patriarcado Ecumênico • ArquidioceseBiblioteca • Sinaxe • Calendário Litúrgico
    Galeria de Fotos
    • IconostaseLinks • Synaxarion • Sophia • Oratório • Livro de Visitas