Portal Ecclesia
A Igreja Ortodoxa Atualizações e notícias Seleção de textos Subsidios homiléticos para Domingos e Grandes Festas Calendário litúrgico bizantino Galeria de Fotos Seleção de ícones bizantinos Clique aqui para enviar-nos seu pedido de oração Links relacionados Clique para deixar sua mensagem em nosso livro de visitas Contate-nos
 
 
Loading
Suplemento Litúrgico para os Domingos e Grandes Festas  
 
 
   

Sexta-feira, 30 de Junho de 2017:

Sinaxe dos Doze Apóstolos

Apóstolo é uma palavra derivada do grego que significa enviado. Inicialmente Jesus escolheu doze apóstolos e os enviou para diversos lugares para pregarem a chegada da Boa Nova ou do Evangelho. Jesus também tinha para ajudá-lo em vida, além dos doze apóstolos, cerca de 70 discípulos, palavra derivada do latim que significa aluno. Nos seus doze homens, originalmente um era coletor de impostos, outro carpinteiro e vários outros eram viajantes ou pescadores que exerciam sua profissão nas águas da Galiléia. Quando foram chamados para servir, eles se dedicaram a ser testemunhas para o mundo daquele que os chamara. São estes os nomes dos doze Apóstolos: primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão; Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o cobrador de impostos; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu; 4Simão, o Zelota, e Judas Iscariotes, que o traiu.

Apolitikion (Modo 3º)

Santos Apóstolos, intercedei por nós junto ao Deus Clemente,
que Ele conceda paz às nossas almas e o perdão de nossos pecados.

Kontakion (Modo 2º)

Os infalíveis pregadores da palavra de Deus,
os Corifeus dos teus Apóstolos, Senhor,
encontraram junto de ti o lugar do seu repouso,
no usufruto dos teus bens,
pois acolheste os seus sofrimentos e suas mortes
melhor que outra oferenda das primícias da terra,
Tu, o único que pode ler o coração dos homens.

Kondákion de Todos os Santos

Apóstolos, Mártires, Profetas, Ascetas e Justos, e vós, Santas Mulheres,
que combatestes todos vós o bom combate e guardaste a fé,
vós que usufruís da amizade do Senhor,
intercedei a Ele que, em sua bondade, salve as nossas almas!

Prokimenon

Por toda a terra espalhou-se a sua voz,
e até os confins do mundo foram as suas palavras.

Os céus narram a glória de Deus;
e o firmamento anuncia a obra de suas mãos.

EPÍSTOLA

[1Cor 4, 9-16]

Primeira Epístola do Apóstolo São Paulo aos Coríntios.

rmãos, Deus nos tem posto a nós, apóstolos, na última classe dos homens, por assim dizer sentenciados à morte, visto que fomos entregues em espetáculo ao mundo, aos anjos e aos homens. Nós, estultos por causa de Cristo; e vós, sábios em Cristo! Nós, fracos; e vós, fortes! Vós, honrados; e nós, desprezados! Até esta hora padecemos fome, sede e nudez. Somos esbofeteados, somos errantes, fatigamo-nos, trabalhando com as nossas próprias mãos. Insultados, abençoamos; perseguidos, suportamos; caluniados, consolamos! Chegamos a ser como que o lixo do mundo, a escória de todos até agora... Não vos escrevo estas coisas para vos envergonhar, mas admoesto-vos como meus filhos muitos amados. Com efeito, ainda que tivésseis dez mil mestres em Cristo, não tendes muitos pais; ora, fui eu que vos gerei em Cristo Jesus pelo Evangelho. Por isso, vos conjuro a que sejais meus imitadores.

Aleluia

Os céus publicarão as tuas maravilhas, Senhor,
e a tua verdade, na assembléia dos santos.

Deus é glorificado na assembléia dos santos,
grande e terrível sobre todos os que o cercam.

Evangelho

[Mt 9, 36-10, 8]

Evangelho de Jesus†Cristo, segundo o evangelista São Mateus.

aquele tempo, contemplando a multidão, Jesus encheu-se de compaixão por ela, pois estava cansada e abatida, como ovelhas sem pastor. Disse, então, aos seus discípulos: «A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. Rogai, portanto, ao Senhor da messe para que envie trabalhadores para a sua messe.» Jesus chamou doze discípulos e deu-lhes poder de expulsar os espíritos malignos e de curar todas as enfermidades e doenças. São estes os nomes dos doze Apóstolos: primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão; Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o cobrador de impostos; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu; 4Simão, o Zelota, e Judas Iscariotes, que o traiu. Jesus enviou estes doze, depois de lhes ter dado as seguintes instruções: «Não sigais pelo caminho dos gentios, nem entreis em cidade de samaritanos. Ide, primeiramente, às ovelhas perdidas da casa de Israel. Pelo caminho, proclamai que o Reino do Céu está perto. Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demônios. Recebestes de graça, dai de graça.

Os Doze Apóstolos

stes são os nomes dos doze Apóstolos: Primeiro Simão, chamado Pedro, e seu irmão André; Tiago e seu irmão João, filhos de Zebedeu; Felipe, e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o cobrador de impostos; Tiago, filho de Alfeo, e Tadeu; Simão o zelote e Matias, que foi eleito para assumir o lugar de Judas Iscariotes, o que traiu Jesus. Todos os discípulos de Jesus morreram como mártires, com exceção de dois: Judas e João. Judas Iscariotes (12º), que traiu Jesus e acabou se enforcando; João (4º), após ser exilado na ilha de Patmos, obteve a liberdade e morreu de morte natural; Matias, ficou no lugar de Judas Iscariotes e foi martirizado na Etiópia; Simão (11º), o zelote, foi crucificado; Tadeu (10º), morreu como mártir pregando o evangelho na Síria e na Pérsia; Tiago (9º), o mais jovem, pregou na Palestina e no Egito, sendo ali crucificado; Mateus (8º), morreu como mártir na Etiópia; Tomé (7º), pregou na Pérsia e na Índia, sendo martirizado perto de Madras no monte de São Tomé; Bartolomeu (6º), serviu como missionário na Armênia, sendo golpeado até a morte; Filipe (5º), pregou na Frigia e morreu como mártir em Hierápolis; André (2º), pregou na Grécia e Ásia Menor. Foi crucificado em Acácia pelo procônsul Eges. Foi amarrado para sofrer mais. Ele foi crucificado em forma de X (cruz decussada); Tiago (3º), o mais velho, pregou em Jerusalém e na Judéia. Foi decapitado por Herodes; Simão Pedro (1º), pregou entre os judeus até a Babilônia, esteve em Roma, onde foi crucificado com a cabeça para baixo. Considerado indigno de sofrer como Jesus; Paulo, que não era apóstolo oficialmente, foi considerado apóstolo dos gentios por causa da sua grande obra missionário nos países gentílicos. Foi decapitado em Roma por ordem de Nero.

Voltar à página anterior Topo da página  
NEWSIgreja Ortodoxa • Patriarcado Ecumênico • ArquidioceseBiblioteca • Sinaxe • Calendário Litúrgico
Galeria de Fotos
• IconostaseLinks • Canto Bizantino • Synaxarion • Sophia • Oratório • Livro de Visitas