Portal Ecclesia
A Igreja Ortodoxa Atualizações e notícias Seleção de textos Subsidios homiléticos para Domingos e Grandes Festas Calendário litúrgico bizantino Galeria de Fotos Seleção de ícones bizantinos Clique aqui para enviar-nos seu pedido de oração Links relacionados Clique para deixar sua mensagem em nosso livro de visitas Contate-nos
 
 
Loading
Biblioteca Ecclesia
 
 
 
Uma imagem da Vaticano Codex de 1162, que acredita-se ser uma representação da Igreja dos Santos Apóstolos.

A Igreja dos Santos Apóstolos de Constantinopla

«Também vós, como pedras vivas,
constituí-vos em um edifício espiritual,
dedicai-vos a um sacerdócio santo,
a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais
agradáveis a Deus por Jesus Cristo».

(1 Pd 2, 5)

Portanto, já não sois estrangeiros e peregrinos,
mas concidadãos dos santos e membros da família de Deus.
Estais edificados sobre o fundamento dos Apóstolos e dos Profetas,
do qual é Cristo Jesus a Pedra Angular.

N'Ele bem articulado,
todo o edifício se ergue em santuário sagrado, no Senhor,
e vós, também, n'Ele sois co-edificados
para serdes habitação de Deus, no Espírito.

(Ef 2, 19-22)

sta famosa Igreja, construída por Justiniano, lamentavelmente não se conservou. Em seu lugar está atualmente a Mesquita de Murad II.

Fica-nos, porém esta maravilhosa imagem proveniente das "Homilias do Monge Jacob", as quais teve seu lugar, precisamente, nesta Igreja, obra do século XII, conservada na biblioteca vaticana, da qual foi tomada várias imagens de seus detalhes, que realmente valem a pena.

Esta Igreja caracterizava-se por ser mais popular e querida que a de Santa Sofía, a qual era considerada a Igreja "oficial" do Império.

Foi também o modelo sobre o qual se construíram, no Ocidente, uma grande quantidade de igrejas, começando pela de São Marcos de Veneza. O motivo é que era mais simples que a Santa Sofía, isto é, mais fácil de reproduzir que a Grande Igreja de Constantinopla.

Veja a beleza extraordinária de alguns de seus detalhes clicando sobre a imagem acima.

Pesquisa mais recente:

A Igreja dos Santos Apóstolos (Aghioi Apostoloi, em grego), também conhecida como Polyandreion Imperial, era uma basílica cristã erguida em 330 d.C. em Constantinopla, então a capital do Império Bizantino por Constantino o Grande, e finalizada pelo seu filho Constâncio II em 337.

Fora destruida na Revolta de Nika em 532.

Reconstruida entre 532 e 550 pelo imperador Justiniano I.

Dentre as grandes igrejas do Império Romano do Oriente, apenas a Basílica de Santa Sofia lhe fazia sombra.

Nesta igreja eram sepultados imperadores e imperatrizes bizantinas, entre eles Constantino o Grande, sua mãe Santa Helena (Helena de Constantinopla), Justiniano I e sua esposa Teodora, Heráclio, Basílio I entre outros.

Também eram sepultados alguns santos e patriarcas da Igreja Ortodoxa, entre eles São João Crisóstomo.

Reliquias de alguns apostolos: Santo André, São Lucas (evangelista) e Timóteo de Éfeso (discipulo de Paulo de Tarso, São Paulo).

Fora saqueada durante a Quarta Cruzada em 1204.

Quando Constantinopla foi tomada pelos otomanos, em 1453, a igreja tornou-se a sede do Patriarca Ecumênico da Igreja Ortodoxa Grega, por um breve período de tempo.

Em 1461, foi demolida para dar lugar a mesquita do Conquistador, aonde está sepultado o sultão otomano Maomé II, o conquistador (Sultão que conquistou Constantinopla em 1453).

A Basílica de São Marcos, em Veneza, foi parcialmente inspirada na Igreja dos Santos Apóstolos.

Fonte:

Wikipedia.org

Voltar à página anterior Topo da página
NEWSIgreja Ortodoxa • Patriarcado Ecumênico • ArquidioceseBiblioteca • Sinaxe • Calendário Litúrgico
Galeria de Fotos
• IconostaseLinks • Canto Bizantino • Synaxarion • Sophia • Oratório • Livro de Visitas