Portal Ecclesia
A Igreja Ortodoxa Atualizações e notícias Seleção de textos Subsidios homiléticos para Domingos e Grandes Festas Calendário litúrgico bizantino Galeria de Fotos Seleção de ícones bizantinos Clique aqui para enviar-nos seu pedido de oração Links relacionados Clique para deixar sua mensagem em nosso livro de visitas Contate-nos
 
 
Biblioteca Ecclesia
 
 
 

Catecismo Breve

«Ortopráxis - maneiras de viver a Ortodoxia»

7. O Pão sagrado

O pão ocupa em nossa vida um lugar especial. Ele é o símbolo de toda espécie de alimento e de todo esforço necessário para conseguí-lo. Deus disse a Adão: "Com o suor de teu rosto, comerás teu pão" (Gn 3,9)

 

«Pequenas Prósforas»

O pão é também símbolo religioso. Nosso Senhor Jesus Cristo chama-se a Si mesmo de "O Pão da Vida" (Jo 6,35), afirmando que "[...] quem comer deste pão viverá eternamente" (Jo 6,51). Ao transformar o pão em seu próprio Corpo durante o sacramento da Eucaristia, Jesus dignificou o pão, tão próximo em sua composição ao corpo humano. Ele tomou o pão e o abençoou, o partiu e distribuindo-o aos seus discípulos disse: "Tomem e comam, este é meu Corpo (Mt 26,26). O pão, que tem sua consistência nos muitos grãos de trigo que compõe a farinha, personifica a Igreja Una na multiplicidade de seus elementos.

Na Igreja Ortodoxa, além do Pão Eucarístico, consagrado na Divina Liturgia, pães são abençoados em outras várias ocasiões e ofícios litúrgicos.

"Prósfora" - (palavra grega que significa "dádiva ou oferta"): é o pão de trigo branco misturado a um pouco de fermento e água benta. A denominação provém do antigo costume dos primeiros cristãos de trazer o pão de casa para celebrar a Eucaristia. Atualmente as prósforas são preparadas pelos monges, pelas virgens ou viúvas. Estas últimas o fazem tendo uma autorização do Bispo.

A prósfora se compõe de duas partes que significam as duas naturezas de Cristo. Sobre a parte superior está gravado o sinal da cruz. Sobre algumas prósforas preparadas nos monastérios, está impressa a imagem da Theotokos, a Mãe de Deus, ou imagens dos santos.

Durante a Divina Liturgia recorta-se de uma prósfora (chamada "Cordeiro") uma parte retangular, que será consagrada, transformando-se no Corpo de Nosso Senhor Jesus Cristo. Das outras menores extraem-se partículas para a comemoração dos membros da Igreja Celestial e terrena. Das prósforas trazidas pelos fiéis são retiradas partículas lembrando as respectivas intenções (dípticos). Estas partículas, após a comunhão dos fiéis, são misturadas ao Sangue de Cristo no Cálice, enquanto o celebrante faz uma oração própria pedindo a Deus para que sejam perdoados os pecados de todos os fiéis, vivos ou falecidos, que foram lembrados durante a Divina Liturgia.

Os pedaços da prósfora que não são parte do Cordeiro, serão abençoados e distribuídos como "antídoron" (do grego, "em lugar da dádiva") aos fiéis no final da Liturgia. Segundo o costume, consomem o antídoron todos os fiéis, inclusive aqueles que não comungaram os Santos Dons (a Eucaristia), um modo de receberem, também estes, as bênçãos divinas.

«Ofício da Artoclassia»

"Artos" (do grego, pão fermentado): é um pão que se abençoa na noite da Páscoa. Durante toda a semana da Páscoa (semana luminosa), o artos, símbolo da Ressurreição de Cristo, se encontra diante da Porta Real, sendo retirado todos os dias para a procissão Pascal. No Sábado "luminoso", durante uma oração especial, o artos é esmiuçado e repartido entre os fiéis que podem levar para os doentes, impedidos de comungar.

As prósforas, o artos e o antídoron devem ser consumidos em jejum e oração. O pão abençoado deve ser conservado em um recipiente limpo e separado de outros produtos comestíveis. Segundo a tradição, o artos esmiuçado é consumido durante todo o ano, de Páscoa a Páscoa.

Outro tipo de pão abençoado é aquele que se reparte entre os fiéis durante as vigílias noturnas, nas Vésperas das Grandes Festas. Na antiguidade os ofícios religiosos duravam muito tempo e os cristãos o comiam para se alimentar.

Atualmente, mesmo que a duração do ofícios tenha sido reduzida, permanece esta tradição.

 

Voltar à página anterior Topo da página
NEWSIgreja Ortodoxa • Patriarcado Ecumênico • ArquidioceseBiblioteca • Sinaxe • Calendário Litúrgico
Galeria de Fotos
• IconostaseLinks • Synaxarion • Sophia • Oratório • Livro de Visitas