Portal Ecclesia
A Igreja Ortodoxa Atualizações e notícias Seleção de textos Subsidios homiléticos para Domingos e Grandes Festas Calendário litúrgico bizantino Galeria de Fotos Seleção de ícones bizantinos Clique aqui para enviar-nos seu pedido de oração Links relacionados Clique para deixar sua mensagem em nosso livro de visitas Contate-nos
 
 
Biblioteca Ecclesia
 
 
 

Catecismo Breve

«Ortopráxis - maneiras de viver a Ortodoxia»

14. O Batismo

É o primeiro dos sete Sacramentos. É a porta de entrada para a eternidade. Sem ele os outros Sacramentos não podem ser ministrados. Pelo Batismo aderimos a Fé Cristã ensinada pela Igreja. O Batismo, a Crisma e a Eucaristia são denominados «Sacramentos da Iniciação Cristã». Por isso a Igreja Ortodoxa, seguindo a santa Tradição, ministra os três Sacramentos num único ofício. No Batismo, a criança (ou o adulto) é submergido três vezes na água em nome de Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Pelo Sacramento do Batismo, o fiel morre para a vida carnal do pecado e renasce, pelo Espírito Santo, para uma vida espiritual e santa: «Eu vos asseguro: ninguém pode entrar no Reino de Deus, se não nasce da água e do Espírito.» Jo 3, 5.

«A tríplice imersão»

Primeiro, «João batizava como sinal de arrependimento e pedia que o povo acreditasse naquele que devia vir depois dele, isto é, em Jesus.» At 19, 4. Depois, Jesus Cristo, por seu próprio exemplo, santificou o Batismo quando o recebeu de João. Finalmente, depois de sua Ressurreição, deu aos Apóstolos este solene mandamento: «Portanto, vão e façam com que todos os povos se tornem meus discípulos, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo, e ensinando-os a observar tudo o que ordenei a vocês. Eis que eu estarei com vocês todos os dias, até o fim do mundo.» Mt 28, 19-20.

A tríplice imersão na água, em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

O que se requer de quem deseja ser batizado? Arrependimento e fé. Por este motivo, também antes do Batismo se recita o símbolo da fé. «Arrependam-se, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo, para o perdão dos pecados; depois vocês receberão do Pai o dom do Espírito Santo.» At 2, 38. «Quem crer e for batizado, será salvo. Quem não crê, será condenado.» Mc 16, 16.

Os bebês que são batizados são despidos e mergulhados três vezes na pia batismal. Após o Batismo, são vestidos com a veste branca batismal. Os adultos são batizados com uma túnica simples para, só depois vestir a roupa batismal.

«O sacerdote, após a imersão tríplice, entrega a criança ao seu padrinho»

Por que são, então, batizadas as crianças? Batizam-se as crianças porque a Igreja confia em seus pais e padrinhos que estão obrigados transmitir à criança a fé, desde pequena. Nos tempos do Antigo Testamento as crianças eram circuncidadas no oitavo dia depois do nascimento. O Batismo tomou lugar da circuncisão no Novo Testamento e, portanto, as crianças devem ser batizadas pequenas.

«Em Cristo vocês foram circuncidados com uma circuncisão não feita por mãos humanas, mas com a circuncisão de Cristo, a qual consiste em despojar-se do corpo carnal. Com ele, vocês foram sepultados no batismo, e nele vocês foram também ressuscitados mediante a fé no poder de Deus, que ressuscitou Cristo dos mortos.» Cl 2, 11-12 Destas palavras de São Paulo Apóstolo, se faz um exorcismo, para expulsar o demônio que, desde a queda de Adão tem acesso ao homem e exerce poder sobre ele, o prende e o escraviza. O Apóstolo Paulo se refere aos homens sem a graça dizendo: «Outrora vocês viviam nessas faltas e pecados, seguindo o modo de pensar deste mundo, seguindo o príncipe do poder do ar, o espírito que agora age nos homens desobedientes.» Ef 2, 2.

«A Unção Crismal e a Veste Nova»

A veste branca batismal significa a pureza da alma e da vida cristã.

O Batismo não pode ser ministrado mais do que uma vez pois é o nascimento espiritual: o homem nasce só uma vez, por isso, é batizado uma só vez.

Imediatamente depois do Batismo, na mesma cerimônia, utilizando o óleo do santo Crisma, o neo-batizado é ungido como rei, sacerdote e profeta do Reino de Deus. O sacerdote unge os olhos, as narinas, a boca, os ouvidos (representando os sentidos); unge o coração, as mãos e os pés dizendo: «o Selo do Dom do Espírito Santo». Assim, a pessoa inteira, corpo e alma, é consagrada a Deus e recebe o Espírito Santo.

As crianças que não foram batizadas na Igreja Ortodoxa, mas que querem fazer parte dela, são recebidas pela Igreja pe6lo Sacramento do Santo Crisma e Comunhão, quando o seu batismo foi ministrado de forma válida e por uma Igreja canônica. Neste caso elas devem se preparar recebendo instruções catequéticas do sacerdote ou por alguém designado por ele.

Fotos: http://www.request.org.uk/main/main.htm

Voltar à página anterior Topo da página
NEWSIgreja Ortodoxa • Patriarcado Ecumênico • ArquidioceseBiblioteca • Sinaxe • Calendário Litúrgico
Galeria de Fotos
• IconostaseLinks • Synaxarion • Sophia • Oratório • Livro de Visitas